João Pessoa – capital com a tranquilidade de interior

Poucas pessoas conhecem: João Pessoa a capital do estado da Paraíba localizado no nordeste do Brasil. Vale a pena viajar para lá e hospedar-se no mínimo de 2 dias.

As praias de Tambaú e do Cabo Branco possuem uma orla bem pavimentada e ideal para a prática de esportes ou para aquele passeio de final de tarde.

Orla de Tambaú - João Pessoa - Paraíba
Orla de Tambaú – João Pessoa – Paraíba. Pode-se desfrutar de água de coco. Foto: AJ Imagem
João Pessoa
João Pessoa – Paraíba. Cartaz do aeroporto.

João Pessoa ou, Jampa para os íntimos, por não ter uma grande extensão territorial permite ao turista viagens para ir às praias dos outros estados com facilidade. Por exemplo: a praia de Pipa no Rio Grande do Norte está a 2 horas de João Pessoa são apenas 157 Km. Recife, a capital de Pernambuco, também está perto.

Fiquei hospedada na avenida João Maurício bairro Manaíra. Me informaram para não andar a pé por determinados bairros, mas Tambaú é bastante seguro durante o dia e à noite. O Centro de artesanato fica nesse bairro e encontramos um sanfoneiro cantando forró no final da tarde bem em frente ao Hotel Tambaú (aquele tem um formato redondo).

No Centro de Artesanato de João Pessoa, além de ouvir o forró, vai ter a oportunidade de comer macaxeira e tapiocas feitas de diversos tipos e recheios. Algumas tapiocarias funcionam até às 23hs. Também há caldos quentes regionais, ficamos curiosos como o “caldo cabeça de galo” que segundo o vendedor era tipo uma sopa, mas não chegamos a experimentar.

Em todos os estabelecimentos comerciais há cartazes a cerca da proibição e da punição a quem discriminar qualquer pessoa devido à opção sexual. Os cartazes advertiam que seriam imposta uma multa a quem cometesse esse crime.

Lá na Praia de Tambaú saem os barcos que fazem o passeio para as piscinas naturais. Tem o passeio para as piscinas naturais de Picãozinho e para o Seixas. Você pode contratar nos quiosques que ficam na orla, o passeio para as piscinas de Picãozinho era R$25,00 por pessoa e durava 2:30 horas, o horário de saída do barco vai depender da tábua da maré. Já para as piscinas do Seixas, o passeio era mais demorado devido à distância, porém não perguntei quanto custava, pois dispúnhamos de pouco tempo.

Praia de Tambaú – João Pessoa

A impressão que tive foi que o custo de vida não é muito alto por lá, os preços dos restaurantes que fomos era bem razoável, e uma água de coco na orla de Tambaú era R$2,50. À tarde tem muitos carrinhos de milho cozido também R$2,50 cada.

Já ia me esquecendo do famoso por do sol em Jacaré, onde o Sr. Jurandir passa de barco tocando no saxofone o bolero de Ravel, existe a opção de assistir às margens do Rio Paraíba sem pagar ou assistir durante o passeio de barco com entretenimento a bordo por R$35,00 por pessoa.

Que tal? Ficaram com vontade de conhecer João Pessoa?

Sua primeira viagem ao exterior: Começando pela Argentina – Buenos Aires

Primeira viagem ao exterior

A América do Sul é formada por mais de 14 países, e entre estes, o Brasil é o maior  em extensão seguido pela Argentina, que é o segundo maior país em território e o terceiro em população, a língua falada é o espanhol (castelhano), faz parte do Mercosul e sua capital é Buenos Aires.

Durante todo o ano tem um grande número de turistas brasileiros viajando para a Argentina, a moeda é o peso argentino que possui valor inferior ao Real Brasileiro e esse é um dos pontos que atraem os brasileiros. Quem não tem o sonho de fazer uma viagem ao exterior? Acredite! Para uma grande parte da população brasileira, a primeira viagem ao exterior é para a Argentina.

Não é uma má escolha devido a distância, a quantidade de voos regulares para Buenos Aires, a culinária, a língua falada e, por não necessitar ter passaporte. Dúvidas sobre a documentação de viagem explico aqui.

E lhe digo, se você nunca foi ao exterior vai gostar!  Argentina foi colonizada por espanhóis, por isso Buenos Aires tem uma urbanização diferente do Brasil. Avenidas largas, arquitetura dos edifícios bem distinta e o clima no inverno é bem diferente do nosso.

Se não tem roupas de inverno, não se preocupe, o verão argentino é bem “caliente” na capital, quando eu fui usei bermuda durante o dia.

Câmbio

A moeda da Argentina são os pesos argentinos, não vale a pena fazer o câmbio no Brasil. Leve alguns dólares, pois com a desvalorização cambial muitos lugares não estão aceitando o Real. Assim que chegar em Buenos Aires, no próprio aeroporto existem casas de câmbio na área de desembarque, isso é bem seguro, observe a cotação e troque uma quantidade suficiente para se deslocar e emergências. No centro da cidade existem outras opções de câmbio seguras e podem estar com cotações melhores. Encontrei casas de câmbio no Terminal Fluvial e ao lado da Casa Rosada (Plaza de Mayo).

Deslocamentos

Não tive problemas em utilizar o táxi, infelizmente não posso falar sobre o transporte público (ônibus e metrô), pois além de táxi fiz muitos passeios a pé também.

Hospedagem

Sem dúvidas o bairro da Recoleta é um dos mais indicados a se hospedar pelo charme que possui. Eu me hospedei no Hotel Marbella que fica na av. de Mayo, bem no Centro por isso conseguia visita os lugares turísticos mais comuns a pé.

Culinária

Quanto a culinária informo que o churrasco argentino é bem diferente do nosso, com um pouco menos de tempero e sal, por isso confesso que prefiro o brasileiro. Uma dica para vivenciar e experimentar La Parilla é o Restaurante Siga La Vaca no Puerto Madero o preço por pessoa é 460,00 pesos, não é o mais barato e nem o mais saboroso, mas tem um ambiente aconchegante e uma grande variedade de carnes.

Gostei muito das empanadas argentinas é um petisco fácil de encontrar e barato. Não esqueça de comprar os famosos alfajors!

Passeios

Aos domingos existe a Feira de San Telmo que ocorre na rua desde 1970, lá vai encontrar de tudo: suvernirs, echarpes, antiguidades, e outras coisitas típicas para presentear ou levar de lembrança, começa a partir das 10 hs. Se estiver na Casa Rosada chegará à feira de San Telmo em aproximadamente 15 minutos caminhando pela Avenida de Mayo, no caminho verá o Café Tortoni.

Casa Rosada - Buenos Aires Argentina
Casa Rosada – Buenos Aires Argentina

Próximo à Casa Rosada, Plaza de Mayo, verá a Catedral Metropolitana de Buenos Aires e alguns bancos, fiz câmbio por ali.

A Casa Rosada é o Palácio do Governo tem sua construção atual desde 1873, o site aqui conta a história dessa sede. A visita à Casa Rosada é gratuita e ocorre nos finais de semana e feriados das 10 às 18 hs. Tem uma arquitetura que nos remete ao luxo e grandiosidade (escadas, galerias, etc.), muito interessante é a farda dos guardas do local. Pode tirar fotos com eles são bem simpáticos.

Depois, se não for domingo vá passear na Calle Florida, mas tome cuidados com bolsas, como em qualquer grande cidade, pois lá é ótimo para fazer compras e isso chama a atenção dos oportunistas. Fique atento! Vale dá um conferida nas lojas da rede de farmácias Farmacity tem bons preços para cosméticos e maquiagem. O shopping  mais conhecido por lá são as Galerias Pacífico fica na esquina da avenida Córdoba.

Para sentir o clima de tango, faça um passeio pelo bairro Caminito. Lá tem casinhas coloridas (que eu amo fotografar!!) e apresentações  de dança Tango nas ruas e restaurantes. Os dançarinos sempre estão bem caracterizados.

Dançarinos de Tango Buenos Aires Argentinos
Dançarinos de Tango Buenos Aires

Esse post está ficando bem grande, e ainda tem os bairros Recoleta, Palermo e Retiro, recomendo pelo menos 4 dias em Buenos Aires para conhecer os principais pontos turísticos.

No Terminal Fluvial em Buenos Aires há passagens regulares de barco para Colônia no Uruguai. Dá para ir e voltar no mesmo dia, mas garanta logo sua passagem de ida e volta atravessando o Rio da Prata pois há um fluxo grande de turistas e moradores no Terminal. Chegando em Colônia a moeda será outra, por isso terá que realizar câmbio, no próprio terminal tem uma casa de câmbio.

Paisagens e fotografia na Argentina

Se tiver tempo, vá para a região sul da Argentina pois irá se deparar com montanhas geladas, lagos de um azul incrível (Bariloche) e até geleiras famosas (Perito Moreno). Rende fotografias muito boas, pois as paisagens são bem distintas do nosso Brasil. Logo farei um post sobre Bariloche.

A foto abaixo fiz de dentro do ônibus de Buenos Aires para Bariloche, mas dá para ter uma ideia do azul a que me refiro.

Em algum lugar na estrada para Bariloche. Lagos azuis, Verde
Em algum lugar na estrada para Bariloche.

Tenho muito a falar sobre a Argentina, fiquem atentos aos próximos posts. Se tiver dicas, compartilhe nos comentários.

O que tem em Belém do Pará??

Belém é a capital do estado do Pará que está localizado na região Norte do Brasil. Neste ano de 2017 essa cidade completa 400 anos. É a primeira cidade da região Norte que conheci.

Fiquei hospedada na avenida Presidente Vargas, e bem em frente havia o Teatro da Paz que foi fundado em 1878 durante o período em que a extração de borracha estava no auge, Belém também ficou conhecida na época como “Capital da Borracha”, e o projeto do teatro foi inspirado no Teatro Scalla de Milão. Existe visita guiada para conhecer as dependências do teatro que é ricamente decorado, inclusive conta-se que foi realizado um camarote especial para receber D. Pedro II mas este nunca chegou a usar.

A visita guiada ao Teatro da Paz em Belém é bem interessante, pois explicam toda a história do Teatro, interessante ficar atento ao horário pois o último grupo era às 17hs, eu mesma quase perdi.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não tinha como estar em Belém e não experimentar o açaí da forma tradicional, recomendo o Point do Açaí, no cardápio tem várias combinações incluindo açaí com refeições, por exemplo: carne com açaí, filé de peixe com açaí e por aí vai. Eu pedi da forma tradicional e aí recebi uma garrafa de açaí (super concentrado) e de acompanhamento farinha d’água e farinha de tapioca. O Point do Açaí existem vários em Belém, porém eu fui no que fica na Av. Boulevard Castilho França decorado com fotografias da região, fica cerca de 10 minutos da praça da República onde está o Teatro da Paz. Veja na foto como é a apresentação do pedido, você vai derramando aos poucos o açaí na tigela e misturando com a farinha que preferir:

Açaí Belém do Pará
Açaí Belém do Pará

Em Belém, tive a curiosidade de conhecer a Estação das Docas que foi revitalizada e fica na av. Boulevard Castilhos França, tem vista para a Baía do Guajará, com a reforma parece um shopping pois possui Cervejarias artesanais, diversos restaurantes, destaque para a Sorveteria Cairu com sabores típicos da região, enfim a Estação das Docas é um local para um happy hour de fim de tarde apreciando o rio.

Cerveja Artesanal Estação das docas Porto de Belém
Cerveja Artesanal – Docas – Belém Foto: AJ Imagem

Uma opção cultural em Belém do Pará é o Museu Casa das Onze Janelas situado à Rua Siqueira Mendes. Tem também o famoso mercado Ver-o-peso que é tipo uma feira onde vende-se frutas, castanhas, pescados e alguns artesanatos de cerâmicas tipo marajoara.

Cerâmica Marajoara - Ver-o-peso - Belém. Foto AJ Imagem
Cerâmica Marajoara – Ver-o-peso – Belém. Foto AJ Imagem

A culinária paraense é formada por bastantes pratos com peixes e temperados com tucupi, tem o tacacá e o jambu. O tucupi é um caldo de cor amarela, o tacacá é uma iguaria bem temperada e o jambu é um tipo de erva. Eu gostei do peixe ensopado no tucupi, tem um sabor mais suave que o azeite de dendê da Bahia.

Outro ponto forte em Belém é o Círio de Nazaré, festa religiosa que junta milhares de fiés nas ruas em devoção à Nossa Senhora de Nazaré. A cidade fica toda decorada e uma grande multidão passa pelas ruas em direção à Basílica, infelizmente não pude apreciar pois cheguei à cidade após ter acabado o Círio que acontece no início de outubro, porém ainda vi parte da decoração.

Basílica de Nazaré - Belém - Pará - Brasil
Basílica de Nazaré – Belém – Pará – Brasil Foto AJ Imagem.

Minha estadia foi curta em Belém e infelizmente não fiz o passeio de barco que tanto queria. Fui na segunda quinzena do mês de outubro e senti bastante calor por lá, o clima é quente e chovia todo final de tarde. Porém digo que vale a pena ir a Belém se tiver tempo para fazer o passeio pelo rio e puder ver o Círio.

Caso tenham mais dicas, e se já estiveram em Belém escrevam nos comentários.

 

Imbassaí Bahia – uma praia para relax

Praia de Imbassaí na Bahia, localizada no Litoral Norte, distrito do município Mata de São João, dista aproximadamente 94 Km da Capital Salvador. O acesso é pela Linha Verde. É um ótimo destino para relaxar pois as suas praias não são badaladas e a cidade conta com uma infinidade de hotéis e pousadas com chalés, também há um resort.

No centro do povoado, existem restaurantes e lojas de artesanatos. Mas a palavra de ordem é tranquilidade. Se deseja relaxar, Imbassaí é ótima opção, tem rio para banhar-se, na orla não há trafego de veículos, o carro fica estacionado no povoado e o visitante vai caminhando por poucos minutos, apreciando a beleza natural do rio até chegar à praia. Há bastante dunas.

O resort que existe em Imbassaí tem acesso direto à praia, porém me hospedei na Pousada Bichelenga que possui chalés individuais, piscinas e um café da manhã regional bem gostoso, a diária foi cerca de R$220,00 o casal.

O clima é favorável à visita durante todo o ano, porém podem ocorrer chuvas ocasionais no inverno, estive lá no início do mês de março e ainda tinha bastante sol. A partir desse mês começa a baixa temporada e pode-se encontrar descontos nos preços das pousadas.

Do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães para Imbassaí de carro

Deseja alugar um carro? Pode ficar tranquilo(a) não terá nenhuma dificuldade para chegar, pois a Linha Verde é bem sinalizada e tem boas condições, boa parte do trecho é pista dupla, do aeroporto para Imbassaí há somente um pedágio e no caminho passará pela Estrada do Coco, ao longo do percurso verá a entrada para outras praias ótimas Guarajuba e Praia do Forte, que são mais badaladas que Imbassaí, mas se não quiser entrar é só seguir em frente. Em outro post falarei sobre a Praia do Forte – BA.

O que fazer em Imbassaí

Se é amante da fotografia, como eu, terá à sua disposição lindas paisagens e poderá clicar à vontade as dunas, praias e aves marinhas, como eu ressaltei, o fluxo de pessoas é relativamente baixo, principalmente fora da estação verão, então renderá fotos quase que de praias desertas, veja as que fiz acima. Verá alguns barcos de pesca (jangadas), pois lembre-se Imbassaí tem sua origem histórica de vila de pescadores e o nome é de origem Tupi. O Rio Imbassaí é largo e uma boa opção é fazer o SUP.

Já visitou Imbassaí? Tem dicas para compartilhar? Escreva nos comentários.

 

 

 

Como realizar reservas de hotéis utilizando sites de busca

Quero compartilhar com vocês como faço para realizar reservas de hotel quando estou planejando uma viagem. Temos uma grande quantidade de sites na internet que são utilizados com esse objetivo, então vamos lá.

Depois de escolhido o destino…Basicamente, os sites que eu utilizo para consultar preços e reservar hotéis são booking, expedia e o tripadvisor, sei que existem outros igualmente bons, porém me adaptei a esses e nunca tive problemas. A verdade é que tenho um ritual até finalizar a compra, principalmente quando nunca estive na cidade e não conheço as redondezas.

Primeiro olho no booking o mapa de localização, pois verifico onde se concentrabooking a região (bairros) com maior parte dos hotéis. Coloco o filtro da faixa de preço. Os hotéis que me parecem interessante observo a nota de avaliação dos usuários no lado direito.

Feito isso, vou ao site Tripadvisor para ver os comentários dos usuários para os hotéis que já havia selecionado no booking. Geralmente os hóspedes postam até fotos do hotel e da região, gosto de ver fotos do café da manhã também, afinal de barriga cheia tudo fica mais bonito :). Na maioria das vezes, eu retorno e confirmo a reserva pelo booking se o preço estiver ok.

O expedia é muito bom para reservas em hotéis internacionais pois sempre cobra em reais no cartão de crédito e isso evita surpresas com diferenças de câmbio e IOF.

Então é depois arrumar as malas, mas antes ainda vou ao google maps para ver a localização exata e pontos de referência próximos ao hotel reservado.

Você utilizam outros sites de reservas? Conte sua experiência.