Dicas para  visitar Museu do Louvre – Paris

O Museu do Louvre é um dos museus mais conhecidos no mundo, localizado em Paris, cidade maravilhosa, ele abriga um dos maiores acervos de arte, arqueologia, entre outras obras.

Há uma área dedicada à história antiga: Egito, Grécia, etc. Muitas maravilhas do mundo antigo, inclusive é possível ver diversos Sarcófagos e uma múmia. Muito interessante essa parte.

A obra mais visitada e, que a maioria dos visitantes deseja ver, quando o Museu do Louvre abre as portas, é a Monalisa. O famoso quadro de Leonardo Da Vinci.

Se deseja economizar na entrada, e não perder esse ponto turístico, na cidade francesa, por falta de dinheiro, tem um dia no mês em que todos os Museus públicos de Paris ficam com a entrada grátis.

Museu do Louvre Paris – França

Inicialmente, o dia grátis era o primeiro domingo do mês, porém a partir de janeiro de 2019, esse lindo Museu do Louvre deixa de ser gratuito no 1° domingo e passa a ser gratuito no 1° sábado de todos os meses do ano a partir das 18h00, e vai até às 21:45hs. Ou seja, uma visita noturna e bem rápida, tendo em vista o tamanho do Museu, você vai ter que ser bem objetivo para conseguir ver pontos principais.

E, com certeza, vai desejar voltar.

A verdade é que, de dia ou à noite, visitar o Museu do Louvre é uma daquelas coisas que você não pode deixar de fazer em Paris.

E se for mencionar a fotografia…o lugar é belíssimo. A parte externa possui 2 pirâmides de vidro, fontes de água e a arquitetura externa do prédio também é um show. Vai conseguir ótimas fotos.

Coloca Paris na sua lista de viagem, não irá se arrepender. Bom passeio!

Quais os deuses gregos? Um pouco de história e lendas.

A Grécia é um país bem interessante, pois faz parte da história antiga, bem antes da era cristã, ou seja antes de Jesus Cristo, os gregos já habitavam esse país, as margens do Mar Mediterrâneo e possuíam uma religião politeísta. A cidade de Atenas é toda cheia de ruínas de antigos templos dedicados a esses deuses gregos, que eram adorados e possuíam cultos especiais, o nome da cidade de Atenas é em homenagem a esta deusa grega.

Eram 12 (doze) os deuses gregos, e na Grécia eles cultuavam a todos em conjunto ou individualmente. As histórias e lendas contam que esses deuses formavam seis casais: Zeus e Hera; Poseidon e Demeter; Apolo e Artemis; Ares e Afrodite; Hermes e Atena; e Hefesto e Hestia. Os doze deuses gregos habitavam o monte Olimpo, localizado entre o céu e a terra, e ficavam controlando o que os humanos faziam, às vezes interferiam. Os deuses eram imortais.

Além dos deuses do Olimpo haviam outros menos importantes: da terra, do mar, do céu e do submundo. O chefe de todos os deuses era Zeus, e, Hera era a primeira deusa.

Do casamento de Hera com Zeus nasceu Ares. Zeus por sua vez, tinha alguns relacionamentos com mulheres humanas, e, daí nasciam os semideuses. Hera protegia quem a adorava, entretanto era bastante vingativa quando algo não lhe agradava ou não a honravam.

Igreja de Kapnikarea Atenas, Grécia. Foto AJ Imagem
Igreja de Kapnikarea Atenas, Grécia. Foto: Alda Resende Vivenciasforall

Vamos conhecer um pouco sobre cada Deus cultuado na Grécia:

Zeus, o líder dos deuses e pai dos humanos, ele lutou contra diversas criaturas, gigantes e titãs para conseguir reconhecimento como líder, em grego chama-se Ο Δίας;

Hera – a primeira deusa, esposa de Zeus;

Atena – deusa da sabedoria, protegia todos os heróis e aconselhava como ganhar as lutas, a capital da Grécia, a cidade de Atenas é em homenagem a esta deusa, que em grego chama-se  Αθήνα (pronuncia:  Athína)

Poseidon – deus das águas e do mar, um dos irmãos de Zeus;

Deméter – deusa da fertilidade e da agricultura;

Apolo – deus da luz, da adivinhação e das artes;

Artemis – deusa caçadora;

Hermes – o mais engenhoso dos deuses, do ar e dos ventos, era filho de Zeus e Maya;

Ares – deus da guerra;

Afrodite – deusa da beleza e do amor;

Hefesto – deus do fogo da terra e dos vulcões. Ele era artesão, e criou a primeira mulher no mundo de acrílico e água, chamada Pandora a quem deu a beleza e a voz humana;

Hestia – deusa da casa, e representa a virgindade e pureza;

Dionísio – deus do vinho, um dos mais importantes do Panteon Grego;

Hades ou Plutão – deus dos mortos, filho de Crono e Rea e irmão de Zeus e Poseidon. Eram 3 irmãos: Zeus, que ficou com o céu, Poseidon com o mar e Hades com o submundo dos mortos, pois haviam disputado na sorte quem governaria as 3 partes, e cada um ficou assim distribuído.

Os heróis gregos são: Heracles, Teseu, Perseu, Pélope, Belerefonte, Cadmo, Edipo, Meleagro, Jasón e os Argonautas, mas esses detalharei em outra publicação.

Fonte: Mitologia Grega. Papadimas Ekdotiki, Atenas, 2015.

Skate – pelas ruas de Amsterdan

Skate em Amsterdan
Skate em Amsterdan – Foto: AJ Imagem

Hoje estava assistindo ao Canal Off e vi uma matéria sobre “skatistas” negros nos Estados Unidos e fiquei impressionada, pois eles comentavam que iam treinar em uma rua que durante o final de semana ficava deserta por que o skate era considerado esporte de branco, pois foi inventado pelos surfistas da Califórnia na década de 60.

Bom… eu não sei andar de skate, mas aprecio os belos movimentos. Essa foto aí fiz em uma praça de Amsterdan na Holanda, e gostei bastante do resultado.

Quem anda de skate parabéns, mas coloca o nome desse movimento aí se souber!

 

 

Como é a religião em Atenas na Grécia?

Igreja ortodoxa Atenas Grécia
Interior Igreja ortodoxa Atenas. Foto Vivenciasforall.

Atenas é a capital e a maior cidade da Grécia, o grego é a língua oficial.  A palavra Atenas em grego escreve-se: Αθήνα; e pronuncia-se Athína , como podem perceber a raiz linguística deles é bem diferente do nosso latim. É a língua oficial da Grécia e do Chipre.

De fato, tem-se muita curiosidade pela Grécia, pois é um país que faz parte da História Antiga quando estudamos na escola. Bem antes de Cristo a religião predominante era politeísta (adoravam vários deuses) por toda a cidade vê-se as ruínas de templos construídos em devoção a esses deuses (Dioníso, Afrodite, Atenas, entre outros) que tinham forma humana, se relacionavam com os humanos e geravam filhos semideuses, existem muitas lendas sobre isso.

Muita coisa mudou com a visita do apóstolo cristão Paulo à Atenas, o livro de Atos da Bíblia, relata essa passagem. Guerras foram travadas até a religião sair do politeísmo ao cristianismo.

Na atualidade, vê-se pelas ruas a predominância de igrejas do tipo Cristã Ortodoxa, o interior é bem colorido e com imagens pintadas. Abaixo o telhado da Igreja de Kapnikarea localizada no centro de Atenas.

Igreja de Kapnikarea Atenas, Grécia. Foto AJ Imagem
Igreja de Kapnikarea Atenas, Grécia. Foto Vivenciasforall

Em relação à Grécia tem-se muitas histórias a contar, comidas, ruínas, acrópole, logo postarei mais informações.

Você conhece a religião igreja ortodoxa? Socialize seus conhecimentos conosco  nos comentários.

Chateau de Chambord – Castelo renascentista França

O Chateau de Chambord, localizado na região do Vale do Loire na França, é um dos castelos mas conhecidos e visitados do mundo.

Foi construído por volta do ano de 1510 para servir de apoio ao esporte de  caça de Francisco I da França, pois este residia em outro Castelo.

Chateau de Chambord - Vale do Loire
Chateau de Chambord – Vale do Loire – Foto AJ Imagem

O estilo renascentista do Chateau de Chambord e o tamanho impressionam os turistas, pois tem 128 metros de fachada, mais de 400 quartos e jardins bem arborizados com 52,5 km. Eu tinha visto uma foto desse castelo há muitos anos e sempre desejei conhecer, porém o Vale do Loire fica aproximadamente 300 km de Paris e os Chateaus ou Castelos são bem espalhados pela região, então ou você vai de carro ou de excursão, pois de outra forma terá bastante dificuldade para deslocar-se, por isso fui adiando até ter o dinheiro para pagar o tour de 1 dia para lá.

O clima lá é frio e úmido, vista seu casaco mais quentinho. O tour para o Vale do Loire sai de Paris em uma rua próxima ao Museu do Louvre, no dia em que fui no mês de maio, enquanto em Paris estava o maior sol, lá no Vale do Loire chovia o tempo todo e frio.

Se você não fala outro idioma vai precisar agendar o tour para o Chateau de Chambord no dia em que tiver guia que fale português. No dia que eu fui os idiomas disponíveis eram apenas inglês, japonês e espanhol, mas sei que tem português também, é preciso verificar com antecedência. Eu tenho fluência no espanhol, por isso agendei nesse dia mesmo. Foram os 3 guias no ônibus, em cada parada o turista seguia o guia da língua escolhida. A guia que falava espanhol era muito simpática.

O tour incluía a visita ao Chateau de Chambord, Chateau de Giverny e Chateau de Chenounceau. Se fosse somente Chambord eu já estava super feliz, porque esse era meu sonho.

Comprei o tour na empresa Paris City Vision não conheço outra para indicar, mas nesta empresa ocorreu tudo de forma pontual e bem profissional, fiquei satisfeita.

E aí? É lindo ou não esse Chateau? Para sair completo na foto precisa ficar um pouco distante.

O Chateau de Chambord possui no seu interior cômodos decorados conforme a época. Poderá ver tapetes, quadros, camas muito bem conservados.

Realmente foi um sonho realizado, pois durante anos desejei estar ali.

Você realizou algum sonho de viagem? Em qual viagem? Conte-nos nos comentários.