Viajando pela América do Sul, o Mercosul

Esclarecendo sobre os países que compõem o Mercosul

Para quem se interessa por viagens e quer ser turista na América do Sul, um termo bastante falado é MERCOSUL, mas o que significa? que países integram? Bem, o Mercosul é um bloco econômico internacional que está composto pelos países da América do Sul, seja como Estado Parte ou como Estado Associado.

Os países da América do Sul: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai assinaram o Tratado de Assunção, em 26 de março de 1991, com o objetivo de criar o Mercado Comum do Sul – MERCOSUL.

Estados Partes e estados associados são: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai (desde 26 de março de 1991) e Venezuela (desde 12 de agosto de 2012), Bolívia (desde 7 de dezembro de 2012), Chile (desde 1996), Peru (desde 2003), Colômbia, Equador (desde 2004), Guiana e Suriname (ambos desde 2013).

Quais os documentos aceitos para viajar por Países do Mercosul

É importante saber, para quem planeja visitar esses países, que por força do Acordo sobre Documentos de Viagem a partir de junho de 2008, nós, cidadãos dos Estados Partes e/ou dos Estados Associados do MERCOSUL não precisamos de passaporte ou visto para entrar nos países que compõem o bloco, basta apenas apresentar a carteira de identidade nacional, conforme a Decisão CMC Nº 14/11. Observar que os documentos de identidade devem ter fotografia atual, e não é aceito carteiras de entidades de classe profissionais (OAB, CRC, etc.). A íntegra do acordo pode ser lida na página brasileira do Mercosul.

Documentos de viagem - Foto: AJ Imagem
Documentos de viagem – Foto: AJ Imagem

 

Anúncios

Atenção! Emissão de passaporte suspensa

A Polícia Federal anunciou que está SUSPENSA a confecção de novos passaportes solicitados a partir do dia 27/06/2017, às 22 horas, “devido a insuficiência do orçamento” destinado à essa atividade de emissão de documentos de viagem e que inclui também o controle migratório. A notícia encontra-se na página oficial da Polícia Federal na internet, você pode acessar aqui.

Porém a medida não afeta os passaportes de emergência.

Quem for viajar e ainda não emitiu o referido documento deve ficar atento.

Observe que: “quem já foi atendido nos postos e teve o atendimento completado (confirmado) até o dia 27: receberá o passaporte normalmente.” segundo a Polícia Federal.