Dicas para  visitar Museu do Louvre – Paris

O Museu do Louvre é um dos museus mais conhecidos no mundo, localizado em Paris, cidade maravilhosa, ele abriga um dos maiores acervos de arte, arqueologia, entre outras obras.

Há uma área dedicada à história antiga: Egito, Grécia, etc. Muitas maravilhas do mundo antigo, inclusive é possível ver diversos Sarcófagos e uma múmia. Muito interessante essa parte.

A obra mais visitada e, que a maioria dos visitantes deseja ver, quando o Museu do Louvre abre as portas, é a Monalisa. O famoso quadro de Leonardo Da Vinci.

Se deseja economizar na entrada, e não perder esse ponto turístico, na cidade francesa, por falta de dinheiro, tem um dia no mês em que todos os Museus públicos de Paris ficam com a entrada grátis.

Museu do Louvre Paris – França

Inicialmente, o dia grátis era o primeiro domingo do mês, porém a partir de janeiro de 2019, esse lindo Museu do Louvre deixa de ser gratuito no 1° domingo e passa a ser gratuito no 1° sábado de todos os meses do ano a partir das 18h00, e vai até às 21:45hs. Ou seja, uma visita noturna e bem rápida, tendo em vista o tamanho do Museu, você vai ter que ser bem objetivo para conseguir ver pontos principais.

E, com certeza, vai desejar voltar.

A verdade é que, de dia ou à noite, visitar o Museu do Louvre é uma daquelas coisas que você não pode deixar de fazer em Paris.

E se for mencionar a fotografia…o lugar é belíssimo. A parte externa possui 2 pirâmides de vidro, fontes de água e a arquitetura externa do prédio também é um show. Vai conseguir ótimas fotos.

Coloca Paris na sua lista de viagem, não irá se arrepender. Bom passeio!

Decoração de interiores com fotografias – parte II

Sou fotógrafa em minhas horas vagas, mas não deixo de apreciar o trabalho de arquitetos, decoradores e designer de interiores, percebo como ficam harmoniosas fotografias bem utilizadas na decoração de interiores.

Vejam no vídeo alguns exemplos, esses quadros são fotografias minhas. No Instagram tem algumas imagens que estão disponíveis para decoração. Tenho um acervo de mais de 8.000 fotos em diversos temas e locais Brasil e Europa.

Uma casa bem decorada nos traz um bem estar, não é verdade?

O lado criativo durante a quarentena e isolamento social – Covid 19

Pessoal, estamos vivendo um momento crítico mundial com a pandemia do novo Coronavirus (Covid-19).

Muitos acontecimentos em pouco tempo que mudaram a vida de todos os brasileiros a partir da confirmação do primeiro contaminado pelo novo coronavírus em fevereiro de 2020. Apesar que já existiam casos na China e na Europa, o Brasil somente começou a ter atitudes mais preventivas a partir da confirmação do primeiro caso.

O vírus começou a aparecer na China e tudo indica que foi a partir de um animal silvestre. Esse é tema para outra postagem.✔

Há quase 60 dias, as cidades, as pessoas, estão em medidas recomendadas de distanciamento social. A maioria dos estabelecimentos fechados e não é possível, sentar em restaurantes, lanchonetes, deve-se utilizar o sistema de delivery durante essa pandemia.

Essas medidas governamentais têm salvado a vida de muitas pessoas, pois devido a rápida infecção do vírus, o distanciamento social evita o contágio, e assim reduz a demanda nos hospitais. Nesta data de feriado o Brasil já atingiu mais de 5.000 mortos e 85.000 contaminados.

O que devemos fazer em casa para não ficar pensando nessa situação?

A verdade é que muitos estão trabalhando em home office e as crianças estão fora da escola, é necessário ter atividades que estimulem a criatividade durante o período da pandemia e o distanciamento social. Atividades tais como, desenhar, pintar, fazer bijuterias, dançar, podem ser bons exemplos do que fazer.

Porém, você que é artista, e já desenvolve alguma arte, quem sabe esse não é o momento sabático que precisava?

Abstrata a partir da fotografia – por Alda Resende

A fotografia é uma forma de desenhar com a luz e brincar com as cores. Nem tudo precisa estar óbvio, por isso muitas vezes com um pouco mais de tempo e criatividade pode-se criar uma arte que ficaria bem aproveitada em uma sala bem decorada. Arquitetos, decoradores e Designers de interiores modernos têm utilizado esse tipo de arte para deixar seus projetos mais harmoniosos e atuais.

Quadros na parede com arte de fotógrafos é bem moderno e charmoso. E quem não gosta de ter uma arte na sua parede?

Então, se você é artista de qualquer área, vislumbre detalhes em que consiga criar novas coisas, objetos, projetos e etc, durante esse momento de pandemia em que todos estão mais reclusos e sem grandes distrações.

Desejo para você e família que estejam seguros e saudáveis #emcasa. E solidarizo com aqueles que infelizmente foram vitimados #luto 😢 😥.

Encontrem formas de passar esse momento da melhor forma, mantendo também a saúde mental e desenvolvendo seu lado criativo. Quem sabe uma poesia ou música?

Se quiser aprender mais sobre fotografia, eu disponibilizei 2 aulas para iniciantes no canal do Youtube Vivenciasforall só clicar aí. 😉😉

Conte-nos o que tem feito durante a pandemia.

Concursos de Fotografia

Eu estou no estágio da fotografia em que gosto de criar coisas diferentes e, isso, me permite participar de alguns concursos.

Em 2020 participei do festival de Fotografia Sururu de Maceió, e tive uma foto pré-selecionada. Fico muito contente com esses resultados, mesmo que não tenha ficado na premiação final.

Foto pré-selecionada

E aí, você submete sua arte a concursos?

Programas para arquitetura, design de interiores e decoração

Quase todas as profissões hoje, além da capacidade intelectual e habilidade do profissional, dependem de algum software, ou seja programa de computador para executar atividades, apresentar orçamentos e contactar clientes. Um software quando bem escolhido e executado pode melhorar a apresentação de seus serviços profissionais, além de permitir a organização e arquivo dos trabalhos e orçamentos. Não é diferente na arquitetura e decoração de interiores.

Havia um tempo em que o profissional de arquitetura saía com seus desenhos e plantas no papel para apresentar aos seus clientes e empregadores, e essa era a única forma de execução de seu trabalho, quando o cliente queria alguma alteração no projeto, rabiscavam-se os desenhos e imprimiam novas plantas com as alterações solicitadas. Uma bela prancheta e réguas eram fundamentais para o arquiteto.

Agora com os softwares muitos arquitetos, decoradores e designers de interiores andam com seus notebooks ou tablets, e, as plantas tornaram-se digitais. Além de ser uma alternativa mais sustentável para o meio ambiente, pois reduz o quantitativo de papel, torna-se ágil e eficaz as alterações necessárias, e o cliente tem uma ideia mais precisa de como ficará o ambiente.

Tem programas de arquitetura com resultado tão realístico e em 3D que encanta a todos.

Sketchup e o 3DWarehouse são alguns exemplos de softwares para a área de arquitetura e decoração bastante úteis.

A loja europeia Ikea disponibilizava gratuitamente um software para uso dos arquitetos e designers de interiores, o Ikea Home Planner On line. Vale consultar o site para ver se ainda está ativo.

Na fotografia para decoração, é muito comum aos profissionais de design de interiores, simular o ambiente com as imagens escolhidas.

Como ocorre? O fotógrafo disponibiliza as imagens que serão colocadas no software, que já possui o ambiente do cliente cadastrado, que pode ser: uma sala, quarto ou outro cômodo, e simula o ambiente como se o quadro estivesse afixado na parede. E assim o cliente tem uma ideia de como fica a imagem e pode escolher a de melhor preferência.

Não é prático? Claro que ainda torna-se profissões que requerem muito estudo e habilidades por parte dos profissionais, afinal o software não vai resolver tudo, apenas será uma ferramenta para apresentação de seus trabalhos. Arquitetos e decoradores continuam a serem os grandes responsáveis pela harmonia do ambiente.

Que outros softwares utilizam? Conte-nos! No instagram @vivenciasforall apresento diversas fotos que podem ser utilizadas para decoração de ambientes. Envie mensagem para consultar como fazer encomenda de fotos para decoração.