Cataratas do Iguaçu – Iguazu Falls – lado brasileiro

Fiz esse vídeo durante a caminhada na trilha do Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu para que as pessoas que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer  possam observar como é a trilha. Está localizada na cidade de Foz do Iguaçu no estado brasileiro do Paraná.

Uma caminhada de grau leve, porém muito agradável pelo lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu. Quem possuir dificuldade de locomoção existe outro caminho para ver as Cataratas. Não filmei a queda principal para que o visitante seja surpreendido com a beleza. A queda principal tem uma altura equivalente a um prédio de 26 andares.

Prepare-se para se molhar!!!

Sua primeira viagem ao exterior: Começando pela Argentina – Buenos Aires

Primeira viagem ao exterior

A América do Sul é formada por mais de 14 países, e entre estes, o Brasil é o maior  em extensão seguido pela Argentina, que é o segundo maior país em território e o terceiro em população, a língua falada é o espanhol (castelhano), faz parte do Mercosul e sua capital é Buenos Aires.

Durante todo o ano tem um grande número de turistas brasileiros viajando para a Argentina, a moeda é o peso argentino que possui valor inferior ao Real Brasileiro e esse é um dos pontos que atraem os brasileiros. Quem não tem o sonho de fazer uma viagem ao exterior? Acredite! Para uma grande parte da população brasileira, a primeira viagem ao exterior é para a Argentina.

Não é uma má escolha devido a distância, a quantidade de voos regulares para Buenos Aires, a culinária, a língua falada e, por não necessitar ter passaporte. Dúvidas sobre a documentação de viagem explico aqui.

E lhe digo, se você nunca foi ao exterior vai gostar!  Argentina foi colonizada por espanhóis, por isso Buenos Aires tem uma urbanização diferente do Brasil. Avenidas largas, arquitetura dos edifícios bem distinta e o clima no inverno é bem diferente do nosso.

Se não tem roupas de inverno, não se preocupe, o verão argentino é bem “caliente” na capital, quando eu fui usei bermuda durante o dia.

Câmbio

A moeda da Argentina são os pesos argentinos, não vale a pena fazer o câmbio no Brasil. Leve alguns dólares, pois com a desvalorização cambial muitos lugares não estão aceitando o Real. Assim que chegar em Buenos Aires, no próprio aeroporto existem casas de câmbio na área de desembarque, isso é bem seguro, observe a cotação e troque uma quantidade suficiente para se deslocar e emergências. No centro da cidade existem outras opções de câmbio seguras e podem estar com cotações melhores. Encontrei casas de câmbio no Terminal Fluvial e ao lado da Casa Rosada (Plaza de Mayo).

Deslocamentos

Não tive problemas em utilizar o táxi, infelizmente não posso falar sobre o transporte público (ônibus e metrô), pois além de táxi fiz muitos passeios a pé também.

Hospedagem

Sem dúvidas o bairro da Recoleta é um dos mais indicados a se hospedar pelo charme que possui. Eu me hospedei no Hotel Marbella que fica na av. de Mayo, bem no Centro por isso conseguia visita os lugares turísticos mais comuns a pé.

Culinária

Quanto a culinária informo que o churrasco argentino é bem diferente do nosso, com um pouco menos de tempero e sal, por isso confesso que prefiro o brasileiro. Uma dica para vivenciar e experimentar La Parilla é o Restaurante Siga La Vaca no Puerto Madero o preço por pessoa é 460,00 pesos, não é o mais barato e nem o mais saboroso, mas tem um ambiente aconchegante e uma grande variedade de carnes.

Gostei muito das empanadas argentinas é um petisco fácil de encontrar e barato. Não esqueça de comprar os famosos alfajors!

Passeios

Aos domingos existe a Feira de San Telmo que ocorre na rua desde 1970, lá vai encontrar de tudo: suvernirs, echarpes, antiguidades, e outras coisitas típicas para presentear ou levar de lembrança, começa a partir das 10 hs. Se estiver na Casa Rosada chegará à feira de San Telmo em aproximadamente 15 minutos caminhando pela Avenida de Mayo, no caminho verá o Café Tortoni.

Casa Rosada - Buenos Aires Argentina
Casa Rosada – Buenos Aires Argentina

Próximo à Casa Rosada, Plaza de Mayo, verá a Catedral Metropolitana de Buenos Aires e alguns bancos, fiz câmbio por ali.

A Casa Rosada é o Palácio do Governo tem sua construção atual desde 1873, o site aqui conta a história dessa sede. A visita à Casa Rosada é gratuita e ocorre nos finais de semana e feriados das 10 às 18 hs. Tem uma arquitetura que nos remete ao luxo e grandiosidade (escadas, galerias, etc.), muito interessante é a farda dos guardas do local. Pode tirar fotos com eles são bem simpáticos.

Depois, se não for domingo vá passear na Calle Florida, mas tome cuidados com bolsas, como em qualquer grande cidade, pois lá é ótimo para fazer compras e isso chama a atenção dos oportunistas. Fique atento! Vale dá um conferida nas lojas da rede de farmácias Farmacity tem bons preços para cosméticos e maquiagem. O shopping  mais conhecido por lá são as Galerias Pacífico fica na esquina da avenida Córdoba.

Para sentir o clima de tango, faça um passeio pelo bairro Caminito. Lá tem casinhas coloridas (que eu amo fotografar!!) e apresentações  de dança Tango nas ruas e restaurantes. Os dançarinos sempre estão bem caracterizados.

Dançarinos de Tango Buenos Aires Argentinos
Dançarinos de Tango Buenos Aires

Esse post está ficando bem grande, e ainda tem os bairros Recoleta, Palermo e Retiro, recomendo pelo menos 4 dias em Buenos Aires para conhecer os principais pontos turísticos.

No Terminal Fluvial em Buenos Aires há passagens regulares de barco para Colônia no Uruguai. Dá para ir e voltar no mesmo dia, mas garanta logo sua passagem de ida e volta atravessando o Rio da Prata pois há um fluxo grande de turistas e moradores no Terminal. Chegando em Colônia a moeda será outra, por isso terá que realizar câmbio, no próprio terminal tem uma casa de câmbio.

Paisagens e fotografia na Argentina

Se tiver tempo, vá para a região sul da Argentina pois irá se deparar com montanhas geladas, lagos de um azul incrível (Bariloche) e até geleiras famosas (Perito Moreno). Rende fotografias muito boas, pois as paisagens são bem distintas do nosso Brasil. Logo farei um post sobre Bariloche.

A foto abaixo fiz de dentro do ônibus de Buenos Aires para Bariloche, mas dá para ter uma ideia do azul a que me refiro.

Em algum lugar na estrada para Bariloche. Lagos azuis, Verde
Em algum lugar na estrada para Bariloche.

Tenho muito a falar sobre a Argentina, fiquem atentos aos próximos posts. Se tiver dicas, compartilhe nos comentários.